O Fantástico Mundo de Baumgarten

Uma incrível perda de tempo narrando as experiências (uii!) e pensamentos de alguém que vê o mundo em outras cores. P.S.: "outras cores" é uma metáfora, não sou de maneira alguma estragado dos olhos. Se você pensou isso, a culpa é do português, essa maldita lingua que permite dupla conotação. Se mesmo assim você não entendeu, é uma pessoa burra demais pra merecer minha atenção e eu provavelmente só lhe trato bem por interesse ou pena. Pare de chorar e viva com isso!

Minha foto
Nome:
Local: Rio Grande, RS, Brazil

Todas as religiões convergem em um ponto: é impossível descrever Deus de maneira coerente. Partindo deste princípio universal, me resguardo o direito de não falar muito sobre mim. Resumidamente: sou autoritário, temperamental, tenho rompantes de anti-socialidade, gosto de ficar sozinho e busco desesperadamente na vida a eternidade. Buenas, é isso, seu fuxiqueiro curioso dos infernos!

27.5.09

Semana dos Tops - Pq fazer TOP dá audiência XD

Top 5 - Melhores Desfiles de Escola de Samba do Rio que eu assisti

O quê? Pareceu meio restrito demais? Tendencioso demais? Subjetivo demais? Então clique AQUI.


Posição 5 - Portela 2009

Cara, nunca curti muito a Portela, sempre vi a escola como sendo aquela velharada que não soube se adaptar aos novos tempos e vive de lembranças. Acontece que esse ano eles me surpreenderam: começando pela música, que era uma baita declaração de amor à própria escola, passando pela "boniteza" das alegorias e o escambau ("beleza" é coisa de colunista social). Arrisco até que meteram a mão na pobre da escola, merecia ter sido campeã (quase foi na verdade, foi questão de misérias...). Tinha problemas no enredo? Tinha. Tinha menos luxo que algumas outras? Tinha. Mas garanto que nenhum desfile foi tão bacana de assistir e com tanta emoção (ok, talvez o do Salgueiro, mas teve bem menos graça).

Posição 4 - Salgueiro 1993

Tche, mesmo um animal que não curte carnaval deve ser assombrado vez por outra pela musiquinha do "Explode Coração". Toca em tudo que é baile de carnaval à exaustão, e quando se está bêbado ela dá um gás afudê. O desfile em si foi bem empolgante, a torcida começou a gritar "É Campeão" direto mesmo antes de acabar, meio que profetizando o resultado (MODO "sensacionalismo barato da Globo" ON). Não tinha como perder, sério, só tendo visto - ainda que na televisão - para saber. A historinha do desfile contava a saga do navio ITA, que trazia os pobres do nordeste para o Rio de Janeiro no ano de 1900-e-lá-vem-o-zorro. Baita desfile!

Posição 3 - Unidos do Cabuçu - 1988

Magrão, a escola era uma das menos "nobres", a posição final foi lamentável, não tinha quase nada de luxo, mas foi o desfile dos Trapalhões! Parece bem claro que minha imaginação agora está aumentando a qualidade daquele desfile, mas dane-se o que vocês pensam, foi muito foda. O samba-enredo era divertido e lembro de uma alegoria com as cabeças dos quatro Trapalhões (na minha memória lembra muito um "Mount Rushmore" dos Trapalhões). Desfile classe A, só faltou ter o Sargento Pincel (se é que não teve). Ah, e o melhor: não existia ainda o Didizinho para aparecer XD

Posição 2 - Beija-Flor - 1989

"Ratos e urubus, larguem minha fantasia", do gênio Joãosinho Trinta. O cara era fenomenal, peitava a gurizada direto. Nesse desfile, que falava sobre a pobreza, o cara fez uma alegoria do Cristo Redentor vestido de mendigo. Muito tora! Acontece que uns carolas de merda se sentiram ofendidos e conseguiram proibir a imagem de aparecer na Sapucaí. Não se mixando, o Joãosinho Trinta colocou um plástico preto em cima do carro e uma faixa dizendo "Mesmo Proibido, Olhai por nós!". FODA! Lógico que perderam o carnaval, mas justiça seja feita, o desfile da Imperatriz nesse ano foi tora tb (Liberdade Liberdade abre as asas sobre nós).

Posição 1 - Mangueira - 1999

Injustiça do caramba a Mangueira ter perdido! Tinha um enredo foda (O século do Samba), uma musiquinha batuta e a melhor e mais tocante comissão de frente que eu já vi - composta de vários "fantasmas" de sambistas inesquecíveis do carnaval do Rio, simplesmente MUITO afudê. Claro que resolveram roubar e tiraram um pontinho aqui, outro ali, e a Manga acabou fudida, mas na minha cabeça ela foi campeã daquele ano (os jurados bandidos do Rio que se fodam!). E olha que eu sou União da Ilha...


Bônus Track: Porra, vale mencionar pelo menos uma penca de desfiles da União da Ilha que deixaram sambas inesquecíveis (que você, seu bêbado maldito, canta suado todos os carnavais enquanto se esfrega em alguma desconhecida de baixo nível). "Festa Profana", "De bar em bar, Didi um poeta (hoje eu vou tomar um porre), "o Amanhã" e por ai vai mandam lembranças!

# Sir Baumgarten não é negão, mas se fosse com certeza ia ser puxador de samba XD